A Saburra da Língua

Voltar ao Menu

ASPECTOS GERAIS
SABURRA COM OU SEM RAIZ
LÍNGUA COM SABURRA SEM RAIZ (GEOGRÁFICA)
ESPESSURA DA SABURRA
SEM SABURRA
SABURRA FINA
SABURRA ESPESSA
DISTRIBUIÇÃO DA SABURRA
UMIDADE DA SABURRA
SABURRA SECA
SABURRA ÚMIDA
SABURRAS BOLORENTAS OU GORDUROSAS
COLORAÇÃO DA SABURRA
SABURRA BRANCA
SABURRA AMARELA PÁLIDA
SABURRA AMARELA
SABURRA MARROM
SABURRA CINZA
SABURRA NEGRA
SABURRA BRANCA E AMARELA
SABURRA BRANCA E CINZA

A Saburra Língua.
Aspectos Gerais

É produzida pela atividade digestiva fisiológica do Estômago.

Indica a saúde dos órgãos Yang, em particular a do Estômago.

A saburra da língua, ao contrário da cor e da forma do corpo, pode mudar rapidamente de cor, de espessura e na sua distribuição como resultado do tratamento ou dos processos patológicos. É capaz de propiciar uma indicação precisa da natureza da doença, do ponto de vista dos oito princípios de identificação dos padrões, nos casos de doenças agudas adquiridas do exterior. Também fornece informações sobre uma variedade de condições internas como retenção de alimentos, Umidade, Fleuma, Calor e Frio, além de indicar imediatamente o estado dos fluidos corporais.

VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

SABURRAS NORMALMENTE ESPERADAS NOS CASOS DE ATAQUES DE FATORES PATOGÊNICOS EXTERNOS

·                 Vento-Frio:

Nos estágios iniciais a saburra será fina e branca, refletindo a presença de Frio. Pode também estar levemente úmida ou levemente escorregadia, refletindo a deteriorização da função de dispersão dos fluidos dos Pulmões pela obstrução de Vento-Frio no exterior (pele e músculos). A saburra pode estar mais concentrada no terço frontal ou nas bordas da língua porque o Vento-Frio localiza-se no exterior do corpo. Outras manifestações clínicas incluem cefaléia, dor no corpo, torcicolo, presença ou ausência de transpiração e ausência de sede, calafrios pronunciados e febre baixa, aversão ao Frio e pulso apertado e flutuante.

·                 Vento-Calor:

Nos estágios iniciais a saburra da língua será fina e amarela, refletindo a presença de Calor. Também pode estar levemente seca porque o Calor consome os fluidos corporais. Como no caso anterior, a saburra pode estar concentrada no terço frontal ou nas bordas da língua. Em alguns casos, especialmente nas crianças, também pode haver pontos vermelhos na mesma área, refletindo a virulência em especial do fator patogênico. Outras manifestações clínicas incluem cefaléia, dor de garganta, amígdalas aumentadas, dores no corpo, sede, transpiração leve, calafrios leves e febre pronunciada e pulso rápido e flutuante.

·                 Calor:

Também é chamado de "calor do verão", pois ocorre apenas na época do verão. Nos estágios iniciais, a saburra da língua será fina e amarela, refletindo a presença de Calor. Também será seca porque o Calor lesa os fluidos corporais. Outras manifestações clínicas incluem aversão ao calor, transpiração profusa, cefaléia, lábios secos, sede e pulso rápido e vasto.

·                 Frio:

O Frio externo pode atacar o Estômago, o  Útero e os Intestinos diretamente, sem haver qualquer início de manifestação no exterior do corpo. A saburra da língua em cada um desses casos será espessa, refletindo a  intensidade do fator patogênico que já se encontra no exterior. A saburra será branca devido ao Frio e possivelmente úmida, indicando a obstrução do movimento normal dos fluidos pelo Frio. É importante ressaltar que, embora o Frio seja de origem externa, ele penetra diretamente no interior do corpo, manifestando-se como Frio interno. As manifetações clínicas variarão de acordo com a localização do Frio. Os principais sinais incluem dor, ou epigástrica (com náusea e vômito) ou abdominal (com diarréia), dependendo da localização do Frio no Estômago, nos Intestinos ou no Útero. O pulso será lento e apertado em todos os casos. Nas mulheres, a dor abdominal e a diarréia podem ocorrer durante a menstruação e acompanhadas por dismenorréia intensa e coágulos no sangue menstrual.

·                 Umidade:

A Umidade externa pode atacar Estômago, Intestinos ou músculos e canais. A saburra da língua ficará espessa devido à Umidade, também gordurosa e escorregadia, refletindo a obstrução da transformação e do transporte dos fluidos pela Umidade. Outras manifetações clínicas variarão de acordo com a localização da Umidade, mas normalmente  incluem sensação de peso, distensão abdominal, sensação de plenitude no peito, intestino solto e pulso cheio e escorregadio.

 

SABURRA DA LÍNGUA E OS OITO PRINCÍPIOS

·                 Exterior:

A parte externa do corpo (pele, músculos, e canais) reflete-se no terço frontal ou nas bordas da língua. Em condições do exterior, a saburra da língua pode se concentrar nessas áreas.

·                 Interior:

Reflete-se na superfície central da língua. A saburra da língua pode estar concentrada nas bordas da língua no estágio inicial da invasão pelo fator patogênico externo. Se não for expulso, o fator patogênico pode penetrar mais profundamente nos Órgãos, caso em que a saburra ficará mais espessa na área central (e provavelmente se torne amarela). Essa evolução ocorre apenas dentro do contexto da penetração dos fatores externos para o interior. A saburra da língua logicamente também reflete condições internas crônicas, sendo mais espessa no centro, indicando retenção de alimentos ou Umidade no Estômago.

·                 Deficiência:

As condições de deficiência refletem-se pela ausência ou insuficiência de saburra. A saburra insuficiente, ou saburra sem raiz, indica a deficiência do Qi do Estômago. A ausência de saburra acompanhada de corpo da língua vermelha indica deficiência do Yin do Estômago e do Rim; já se for acompanhada de corpo da língua pálido, indica deficiência de sangue; e no caso de cor da língua normal, indica deficiência de Yin do Estômago.

·                 Excesso:

Sempre indicada por saburra espessa, indicando presença de fator patogênico lutando com as energias do corpo, que ainda se encontram suficientemente fortes para resisitir ao ataque. Se o corpo da língua estiver vermelho ou vermelho-escuro, a saburra indica Calor de excesso e a ausência da saburra indica Calor por deficiência.

·                 Calor:

A cor da saburra da língua nos padrões de Calor será amarela.

·                 Frio:

A cor da saburra da língua nos padrões de Frio será branca.

·                 Yang:

A saburra da língua não é um fator importante para diagnosticar deficiência de Yang, que é indicada pelo corpo da língua pálido. Se a deficiência de Yang levar ao acúmulo de Umidade, a saburra da língua será espessa, branca e escorregadia.

·                 Yin:

A deficiência de Yin é indicada pela ausência de saburra na língua. A coloração normal do corpo da língua neste caso, indica deficiência de Yin do Estômago, ao passo que o corpo da língua vermelho ou vermelho-escuro indica deficiência de Yin do Rim.

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

          SABURRA COM OU SEM RAIZ
PDVD_159
PDVD_161

·               PDVD_109  A saburra normal tem raiz, isto é, está firmemente presa à superfície da língua. Cresce igual grama no solo. Também é fina, uniformemente distribuída e não pode ser tirada raspando ou esfregando a língua.

·                PDVD_147 A saburra espessa com raiz indica que as energias do corpo estão íntegras e lutando contra o fator patogênico. É um padrão de excesso.

·               PDVD_144  A saburra sem raiz tem a distribuição irregular e pode ser facilmente retirada ou raspada fora da língua.  A saburra fica sem raiz quando as funções do Estômago, Baço e Rim estão prejudicadas, ou seja, quando o Estômago não está transformando e "amadurecendo" os alimentos, o Baço não está separando as essências dos alimentos e os Rins não estão "evaporando" os fluidos na direção ascendente. A saburra que já estava lá fica na língua, mas não há nova formação de saburra. Com o tempo, vai sair completamente e a superfície da língua fica descascada. É um padrão de deficiência. A língua geográfica é um tipo particular de saburra sem raiz: são descascadas em pequenas áreas, as quais apresentam contornos muito bem definidos. Indica deficiência de Yin do Estômago. Yin do Estômago são os fluidos do estômago e intestinos, apresentando sintomas como azia, constipação ou pode provocar fome crônica de mastigar. É frequentemente associado a doenças auto-imunes (como artrite reumatóide e lúpus eritematoso sistêmico) e a história pregressa ou história familiar de asma, eczema atópico e rinite alérgica.

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

 LÍNGUA COM SABURRA SEM RAIZ (GEOGRÁFICA)

 PDVD_157
VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

ESPESSURA DA SABURRA

 

 SEM SABURRA

 

Deficiência de Yin

·                 Língua vermelho-pálida sem saburra indica deficiência de Yin do Estômago.

·                 Língua vermelha/ vermelho-escura sem saburra indica deficiência do Yin do Rim.

A saburra indica como estão os fluidos da digestão e a ausência dela pode indicar uma deficiência de fluidos no Estômago e Intestinos. Isso pode provocar uma constante fome de mastigar/roer, azia e constipação. Menopausa pode produzir um Yin deficiente transitório (ondas de calor, suores noturnos, irritabilidade e intranquilidade.

 

PDVD_109SABURRA FINA

 

Tem saburra, mas dá para observar o corpo da língua.

·                 Normal: é fina e branca, indicando o bom funcionamento da digestão, podendo ser um pouco mais espessa na raiz.

·                 Indica que o fator patogênico está fraco e que a doença se encontra em seu estágio inicial. Ataque externo de Vento: resfriado comum, alergias e erupções alérgicas.

 

 PDVD_225SABURRA ESPESSA

Não se consegue observar o corpo da língua através da saburra.

Sempre significa presença de fator patogênico e, portanto uma condição de excesso. Quanto mais espessa a saburra, mais forte o fator patogênico. Esses fatores que podem estar refletidos na saburra espessa são: retenção de alimentos, Umidade, Fleuma, Vento-Frio ou Vento-Calor, Frio ou Umidade-Frio e Calor de verão.

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

DISTRIBUIÇÃO DA SABURRA

A distribuição da saburra sobre a superfície da língua tem um significado clínico diferente nas condições de doenças adquiridas externamente em relação às doenças geradas no interior.

Na doença contraída do exterior, a distribuição da saburra indica a localização e a profundidade do fator patogênico. Nos estágios iniciais a saburra será mais concentrada ao redor da área central ou na parte frontal da língua. Depois a mudança na distribuição da saburra é um sinal importante do avanço ou regressão do fator patogênico.

Em casos de doença aguda contraída do exterior, as alterações na distribuição ocorrem em um único dia ou em até mesmo em horas.

Nas doenças geradas internamente a distribuição da saburra não indica evolução do fator patogênico, mas reflete a localização do acometimento de acordo com as normas de correspondência na topografia da língua.

Nesses casos a referência é a saburra completa (que cobre toda a língua) ou saburra parcial (que cobre apenas uma parte da língua). Neste último caso, o significado clínico da distribuição parcial da saburra deve levar em consideração as áreas da topografia da língua correspondentes aos Órgãos:

 

 PDVD_138MAIS ESPESSA NA RAIZ DA LÍNGUA

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

Indica Umidade-Calor no Aquecedor Inferior ou no Intestino Grosso.

Muito frequente em pessoas que comem muita carne ou muita quantidade de alimentos gordurosos, doces, frios e laticínios.

Umidade-Calor no TA Inferior também pode ser indicada por obesidade localizada no baixo abdomen e por sintomas como diarréia, corrimento vaginal amarelo e mal cheiroso, sífilis.

 

 PDVD_081ESPESSA NO CENTRO

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

Fleuma e Umidade no Aquecedor Médio (órgãos digestivos), indicando alteração metabólica de fluidos. Apresenta sintomas como nauseas, doenças de movimento, falta de apetite, fadiga.

 

 SABURRA UNIFORME EM TODA LÍNGUA

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

Indica Fleuma ou Umidade sistêmica.

·                 Umidade é uma patologia úmida que surge de uma digestão fraca ou dieta produtora de Umidade. Pode se manifestar como visão embaçada, peso nos membros, cefaléia com sensação de peso, edema, pode provocar estagnação nos meridianos provocando artrite agravada por tempo úmido.

·                 Fleuma pode surgir após a Umidade ter se tornado mais densa. Fleuma sólido é aquilo que é expelido. Fleuma não-sólido pode estagnar os meridianos e provocar parestesias ou neuropatias, fazendo regiões do corpo apesentarem formigamento sem razão. Doença de Menier é às vezes causada por fleuma com vento no corpo.

·                PDVD_139 Língua com saburra espessa pegajosa pode ser resultado de medicamentos antidepressivos. Não há certeza se esse tipo de língua é causado pela depressão, se fleuma no corpo pode causar certos problemas emocionais  ou se a própria droga causa o espessamento da saburra, mas há relações, segundo Al Stone.

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

UMIDADE DA SABURRA

A saburra normal da língua é levemente úmida, indicando bom suprimento e movimento dos fluidos corporais. Propicia uma indicação do estado dos fluidos corporais.

SABURRA SECA: pode surgir por uma variedade de razões.

·                 PDVD_138Saburra seca e amarela: a causa é excesso de Calor no Estômago, Pulmões ou Fígado.

·                 PDVD_129Saburra seca, amarela e fina: Vento-Calor externo.

·                 PDVD_154Língua descascada, sem saburra e seca: deficiência de Yin do Rim.

·                 Saburra seca e sem raiz: deficiência de Yin do Estômago.

·                 Um tipo especial de saburra seca pode surgir da deficiência de Yang com retenção de Umidade. Nesse caso, a língua normalmente estará excessivamente úmida pois o Yang Qi falhou em movimentar os fluidos, que se acumulam. Mas em casos graves de deficiência de Yang com retenção de Umidade, a Umidade obstrui o Qi, que fica incapaz de movimentar e transformar os fluidos, o Yang Qi deficiente também fica incapaz de movimentar os fluidos para cima, resultando em uma língua seca. Nesse caso a boca fica seca, mas não há sede ou se houver será de líquido em temperatura natural e em pequenos goles. A ausência de sede é o sintoma essencial que distingue dos casos de Calor seja por excesso ou deficiência.

SABURRA ÚMIDA: também pode surgir por uma variedade de razões.

·                 PDVD_115Saburra úmida e branca: causada por deficiência de Yang com retenção de Umidade.

·                 PDVD_115Saburra úmida, branca e fina: Vento-Frio exterior.

·                 PDVD_139Saburra escorregadia: é pegajosa e semitransparente, indica Umidade ou Fleuma (origem externa ou interna) por deficiência de Yang.

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

SABURRAS BOLORENTAS OU GORDUROSASPDVD_147

A saburra bolorenta é bem espessa e irregular em sua distribuição. Tem a aparência esfarelada e pode ser retirada da língua quando raspada, indicando que não tem raiz. O significado clínico reflete a presença de Calor no Estômago (saburra amarela), normalmente associado com deficiência de Yin do Estômago. Casos de úlceras gástricas apresentam esse tipo de língua. A saburra gordurosa é mais espessa na área central da língua. É escorregadia e pegajosa, mas parece mais áspera que a saburra escorregadia. Não é capaz de ser retirada ao ser raspada, indicando ter raiz. Indica que o Qi não consegue transformar os fluidos, que então se acumulam para formar Umidade ou Fleuma.

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

COLORAÇÃO DA SABURRA

 

   SABURRA BRANCA

 

·                 Saburra levemente úmida, fina e branca é a cobertura normal da língua. Nos ataques de Vento-Frio, Vento-Umidade ou Umidade-Frio, a saburra também pode ser fina, branca e levemente úmida, indicando que o fator patogênico ainda não penetrou profundamente no organismo.

·                 PDVD_115Saburra branca, fina e escorregadia indica ataque externo de Umidade-Frio se acumulando, podendo causar alterações metabólicas com sintomas como fadiga, edema, inabilidade para concentração e dores em peso que se agravam por tempo únido ou umidade.

·                 PDVD_139Saburra branca, espessa e escorregadia indica uma condição interior de Umidade ou Frio com retenção de alimentos no Estômago.

·                 PDVD_115Saburra branca, fina e seca indica deficiência de sangue ou de Yang (corpo da língua pálido); invasão de Vento-Frio ou Vento-Calor lesando os fluidos do Pulmão (corpo da língua normal). Apresentará febre e aversão ao frio se os fatores patogênicos ainda se encontrem no exterior. Se houver febre sem aversão ao frio, o fator patogênico externo foi removido, mas os fluidos do Pulmão foram lesados.  Também pode indicar invasão de secura.

·                 PDVD_116Saburra branca, espessa e úmida indica ataque externo de Vento-Frio, quando o fator patogênico é forte. Pode ocorrer nos padrões de Yang maior ou Yang menor. Numa condição interna, essa saburra indica retenção de Umidade-Frio geralmente no Aquecedor médio.

·                 PDVD_213Saburra branca, espessa e seca indica retenção de fluidos sujos no interior com Calor.

·                 PDVD_139Saburra branca, espessa e gordurosa indica deficiência de Yang do Estômago e Baço com retenção de alimentos ou Umidade. A saburra é mais espessa no centro e na raiz.

·                 PDVD_139Saburra branca, espessa, gordurosa e escorregadia indica deficiência do Yang do Baço com retenção de Umidade-Frio ou fleuma. Aparência de queijo cottage ou mingau.

·                 Saburra branca, espessa, gordurosa e seca: o Qi do centro e os fluidos do Estômago podem estar deficientes levando à formação de fleuma e exaustão dos fluidos corporais, respectivamente. Ou   Calor interno com fleuma.

·                 Saburra branca, áspera e com fissuras indica ataque de Calor do verão lesando o Qi

·                 PDVD_139Saburra branca, pegajosa e gordurosa indica Umidade ou  Fleuma Aquecedor médio por deficiência do Qi do Baço ou Yang do Baço ou ataque exterior de Umidade no nível do Qi.

·                 Saburra branca e em pó indica Calor exterior (corpo levemente vermelho na ponta ou lados), Toxina interna (corpo vermelho/vermelho-escuro), Calor no Triplo Aquecedor (corpo vermelho).

·                 PDVD_144Saburra branca como neve, com flocos brancos, indica esgotamento do Yang do Baço com Umidade-Frio no Aquecedor médio.

·                 PDVD_147Saburra branca e bolorenta (rançosa), como leite talhado, indica deficiência do Yin do Rim e do Estômago, levando a Calor, com Umidade tóxica no interior. É encontrado em condições crônicas de longa duração. O Yin do Rim e o Yin do Estômago deficientes ficam incapazes de transformar os fluidos, levando à formação de Umidade. A deficiência de Yin do Estômago leva à formação da saburra espalhada.

·                 Metade branca e escorregadia do lado direito indica fator patogênico metade no exterior e metade no interior; lado esquerdo indica Calor no Fígado.

·                 Saburra branca com pontos negros: fator patogênico externo penetrando no interior e transformando-se em Calor.

·                 Saburra branca com espículas negras: Frio verdadeiro, Calor falso; Frio transformando-se em Calor.

SABURRA AMARELA PÁLIDA: É fina e branca na área central e amarela pálida por fora da língua.

·                 Ataque exterior de Vento-Calor;

·                 Vento-Frio tornando-se Calor;

·                 Umidade-Calor no peito e  Aquecedor médio.

Pode apresentar essa coloração após ingestão de chá, café ou por exemplo um doce colorido artificialmente.

Indica baixo grau de Calor no corpo inteiro, como febre baixa ou calor no sitema digestivo.

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

SABURRA AMARELA

 

Calor interno, significando febre ou algumas funções metabólicas em hiperatividade.

Também pode ser indicativo após ingestão de chá, café ou fumo ou após uma grande refeição.

 

·                 PDVD_130Amarela e escorregadia: Umidade-Calor. Ex: icterícia.

·                 PDVD_167Amarela suja: Umidade-Calor no Estômago e Intestinos

·                 PDVD_136Amarela, pegajosa e gordurosa: Calor e fleuma

·                 PDVD_138Amarela e seca: Calor lesando os fluidos

·                 Amarela na raiz, branca na ponta: fator patogênico exterior acabando de transformar-se em Calor e penetrando no interior

·                 Faixas amarelas bilaterais e restante branca: em doença aguda, indica fator patogênico exterior penetrando no interior; ou no curso de uma doença crônica interna, indica Calor no Estômago e Intestinos

·                 Faixas amarelas bilaterais e restante amarela: Calor no Fígado e Vesícula Billiar

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

PDVD_171SABURRA MARROM

 

Sugere Calor interno danificando o Yin, como febre alta ou outra fonte de calor causando desidratação. Também se vê esse tipo de língua em fumantes severos, que é um outro tipo de Calor danificando o Yin (sendo neste caso os fluidos saudáveis do Pulmão). Tem o mesmo significado clínico da saburra amarela.

 

SABURRA CINZA: doença de longa data

·                 Cinza úmida e escorregadia: Umidade-Frio no Baço

·                 Cinza e seca: Calor por excesso lesando fluidos corporais

 

SABURRA NEGRA: doença de longa data

·                 Negra, escorregadia e gordurosa: Umidade-Frio no Estômago e Intestinos

·                 Negra bilateral sobre branca: Frio por deficiência do Aquecedor médio (úmida)/ Calor por excesso no Estômago e Baço (seca)

·                 Negra no centro e branca e escorregadia nas laterais: deficiência do Yang do Baço com Umidade-Frio no interior

·                 Negra e gordurosa no centro e amarela dos lados: Umidade-Calor no Baço e no Estômago

·                 Negra, seca e com fissuras: esgotamento do Yin dos Rins, com Calor secando fluidos corporais; ou deficiência de Yang com Frio interno

 

SABURRA BRANCA E AMARELA

·                 Metade amarela, metade branca (longitudinalmente): Calor no Fígado e Vesícula Biliar

·                 Branca no centro e amarela ao redor: fator patogênico acaba de penetrar no interior, se transformando-se em Calor.

·                 Amarela no centro e branca ao redor: Calor interno começando a se dissipar.

 VOLTAR AO MENU DO TOPO DA PÁGINA

SABURRA BRANCA E CINZA

·                 Branca, cinza e úmida: Umidade-Frio no interior

·                 Branca, cinza e suja: Umidade-Frio ou Fleuma de longa duração

·                 Metade branca, metade cinza: Frio metade no exterior e metade no interior

 

 

 

 

 

 

 Voltar ao Menu